Documentos

World Health Organization. Rio Political Declaration on Social Determinants of Health. Rio de Janeiro: WHO; 2011.

World Health Organization. Declaração Política do Rio sobre Determinantes Sociais da Saúde. Rio de Janeiro: WHO; 2011.

World Health Organization. Declaración política de Río sobre determinantes sociales de la salud. Rio de Janeiro: WHO; 2011.

Declaração das Organizações e Movimentos de Interesse Público da Sociedade Civil. Rio de Janeiro, Brasil; 2011.

Declaration by Public Interest Civil Society Organisations and Social Movements. Rio de Janeiro, Brasil; 2011.

 

Documento Técnico usado para a discussão da Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde.

Organização Mundial da Saúde. Diminuindo diferenças: a prática das políticas sobre determinantes sociais da saúde: documento de discussão. Rio de Janeiro: OMS; 2011.

 

Asamblea Mundial de la Salud. Reducir las inequidades sanitarias actuando sobre los determinantes sociales de la salud. 62ª Asamblea Mundial de la Salud. Punto 12.5 del orden del día (WHA62.14); 2009.

Assis AMO, Barreto ML, Santos NS, Oliveira LPM de, Santos SMC dos, Pinheiro SMC. Desigualdade, pobreza e condições de saúde e nutrição na infância no Nordeste brasileiro. Cad Saúde Pública. 2007;23(10): 2337-2350.

Buss PM, Pellegrini Filho A. A saúde e seus determinantes sociais. Rev Saúde Coletiva. 2007;17(1):77-93.

Carta de Ottawa. In: 1ª Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde. 1986 Nov; Ottawa, Canadá.

CDSS-Comissão para os Determinantes Sociais da Saúde. Redução das desigualdades no período de uma geração. Igualdade na saúde através da acção sobre os seus determinantes sociais. Relatório Final da Comissão  para os Determinantes Sociais da Saúde. Portugal: Organização Mundial de Saúde; 2010.

CNDSS-Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde. As causas sociais das iniqüidades em saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ; 2008.

Declaração de Alma-Ata. In: Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde. 1978 Set 6-12; Alma Ata, Cazaquistão.

Gattini CH. Implementación de observatorios nacionales de salud, Enfoque operacional y recomendaciones estratégicas. Santiago do Chile: Oficina de la Representación de OPS/OMS, Organización Panamericana de la Salud, Oficina Regional de la Organización Mundial de la Salud; 2009. Serie Técnica de Información para la Toma de Decisiones: PWR CHI/HA/02.

Kliksberg B. Estrategias y metodologías para promover la participación social en la definición e implantación de políticas públicas de combate a las iniquidades en salud. [Documento para a Conferência Mundial de Determinantes Sociais da Saúde]; 2011.

Medeiros M. Uma introdução às representações gráficas da desigualdade de renda. Brasília (DF): Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; 2006 Jul. Texto para discussão No.: 1202.

Nunes A, Santos JRS, Barata RB, Vianna SM. Medindo as desigualdades em saúde no Brasil: Uma proposta de monitoramento. Brasília (DF): Organização Pan-Americana da Saúde, Instituto de Pesquisa Aplicada; 2001.

Organização Mundial da Saúde. Diminuindo diferenças: a prática das políticas sobre determinantes sociais da saúde: documento de discussão. Rio de Janeiro: OMS; 2011.

Organização Mundial da Saúde. Documento Técnico da Conferência Mundial sobre Determinantes Sociais da Saúde [Internet]. [acesso em 01 ago 2011]. Disponível em: http://determinantes.saude.bvs.br/local/file/Primeira_versao_documento_tecnico_CMDSS.doc

Rose G. Sick individuals and sick populations [reiteration]. Int J Epidemiol. 2001 Jun;30(3):427-32.

Szwarcwald CL, Bastos FI, Andrade CLT de. Medidas de desigualdad en salud: la discusión de algunos aspectos metodológicos con una aplicación para la mortalidad neonatal en el Municipio de Rio de Janeiro, 2000. Cad Saúde Pública. 2002 Jul-Ago;18(4):959-970.